Notícias Câmara

A Câmara de Vereadores de Chapecó foi protagonista nas discussões e na elaboração do Projeto de Lei, que define regras para a implantação da tecnologia 5G no município. Esse foi um dos fatores que reconheceu Chapecó como um dos 10 municípios do Brasil mais preparados a receber esse tipo de tecnologia. O ranking foi divulgado pela Conexis Brasil Digital, entidade que representa empresas de telecomunicações e de conectividade.

O trabalho do legislativo chapecoense iniciou ainda em dezembro do ano passado, quando foi realizada uma audiência pública e envolveu representantes do setor. Em julho deste ano, Projeto de Lei de autoria do vereador Fernando Cordeiro (PSC), foi votado e aprovado. Dez dias depois, o PL foi sancionado pelo prefeito João Rodrigues (PSD).

O levantamento Cidades Amigas do 5G destaca, entre as cidades com mais de 200 mil habitantes, aquelas que oferecem “ambiente adequado à instalação de infraestrutura de redes de telecomunicações, como antenas e fibra óptica”. Em Santa Catarina, apenas Chapecó e Joinville estão entre as 10 mais preparadas do país para o 5G. “Além da adequação da legislação municipal à Lei Geral de Antenas, o levantamento também avaliou a burocracia enfrentada pelas empresas para instalar antenas como, por exemplo, a necessidade de fazer a solicitação em mais de um órgão municipal; o prazo para a instalação e o custo”, detalhou, em nota, a Conexis Brasil Digital.

O vereador Fernando Cordeiro comemorou o reconhecimento a Chapecó na divulgação do ranking. “O Poder Legislativo foi rápido e competente em elaborar um projeto de lei que dá garantias ao setor de telecomunicações e aos usuários. Nosso município está pronto para receber a tecnologia 5G que trará grandes avanços”, completou.